NOVA ODESSA, 21 DE ABRIL DE 2018
  • DIREÇÃO ESPIRITUAL
Publicação.: 17/06/2011

Minha Santidade

Minha Santidade
Buscando o VSS (Vou Ser Santo)

"Teu amor cegou o olhar perdido da maldade e paralisou os passos largos da mentira”

Há alguns dias tenho me questionado sobre a essência da santidade. Fico pensando como posso ser tão falho e pecador, e mesmo assim ser escolhido por Deus.

Quantas vezes me sinto fraco e só, mas logo me recordo de Jesus, de como escolhia os seus, de quem eram os seus: o pescador, o cobrador de impostos, os marginalizados, os excluídos... “Sou humano demais pra compreender”.

Hoje uma frase veio ao meu coração: “Deus é simples”.

Fiquei pensando no quanto nós complicamos essa realidade, muitas vezes construindo barreiras entre os céus e a terra, julgando-nos sermos impuros demais para estar na presença de Deus.

Ninguém esperava que aquela Cruz, onde morria o nosso Salvador, fosse ser o início de uma nova vida... A morte foi vencida, e dela, a vida ressurgiu. Assim também somos nós "Filhos(as) do Céu", quando deixamos a vida de trevas e nos decidimos a trilhar uma vida em busca da santidade. Mergulhamos as nossas misérias na Misericórdia infinita de Deus, e depois desse despojamento, a ressurreição e ao Pentecostes.

Tudo que é perfeito, não precisa sofrer alterações, acaba virando peça de museu. Sendo humano, não posso querer assumir uma realidade angélica, de espírito perfeito. Entendi que sendo Deus simples e me criando limitado, Ele não me quer perfeito. Deus me quer santo. Só isso.

Preciso a cada dia me revestir de humanidade, descobrindo os valores escondidos nos mais simples gestos. Preciso buscar a minha santidade por meio de caminhos possíveis, descomplicados. Preciso encontrar a Deus no que é pequeno, humano e torto... É lá que Ele costuma se esconder. “Os limites do mundo os meus pés não ultrapassam mas o que de mais alto existe, minha alma alcança.” Santidade, aí vou eu!!!


Ricardo, fdc